----------------------- ::: TELEONIBUS :::
 
 
 


  Página Inicial
  Consulte nosso Estoque
  Banco de Pedidos
  Avalie seu Veículo
  Anuncie seu Veículo
  Notícias
  Localização
  Entre em Contato

 


 
Se você não tem uma oficina ou mecânico de confiança para avaliar seu usado, a gente dá as dicas para você encontra
 
 
10/03/2011
 
 



Por Vitor Matsubara
Quando você vai comprar um carro usado, é imprescindível que você peça para um mecânico fazer uma avaliação do veículo. Pois então, se você não tem um mecânico ou oficina de confiança, precisa encontrar um. Encontrar um esse profissional ou estabelecimento é como procurar por um bom médico: referências positivas são fundamentais.
Mas, se você não tem indicações, temos algumas dicas que certamente o ajudarão a fazer a melhor escolha. Confira abaixo:
A primeira providência é ter atenção aos detalhes. Uma visita à oficina pode responder várias dúvidas. Antes de solicitar um orçamento, confira se o local é limpo e organizado e se os funcionários estão vestidos de forma adequada (e limpa) para exercer o trabalho.
Se você optar por deixar seu carro na oficina, é importante que a empresa forneça uma ficha completa a respeito do estado do veículo, indicando quantidade de combustível, avarias na carroceria, quilometragem marcada no hodômetro e presença de acessórios, (como antena, sistema de som, etc.).
Enquanto o orçamento é realizado, observe as instalações do local. Veja se as ferramentas e equipamentos estão nos lugares apropriados, confira se há preocupação em cobrir partes da carroceria e os bancos com capas protetoras.
Outro ponto fundamental é conferir os equipamentos que são utilizados nos serviços prestados pela oficina. No caso da funilaria, por exemplo, o processo de lixamento da carroceria exige um procedimento especial, para evitar novas dores de cabeça no futuro. Já na pintura, os locais devem contar com cabines ou estufas especiais. Deixar o carro “secando” ao ar livre, prática muito comum em oficinas menores e menos cuidadosas, é um processo demorado e desaconselhável.
Quanto à parte elétrica, a tecnologia empregada nos carros mais novos faz com que as oficinas precisem contar com equipamentos de última geração. Mas de nada adianta ter aparelhos modernos se a mão de obra não é qualificada. Uma das melhores maneiras de descobrir a qualidade do serviço é pelos certificados ou atestados emitidos por entidades reconhecidas no setor, como IQA, ASE e o CESVI Brasil.
Outra recomendação é questionar o funcionário sobre os serviços que serão realizados no veículo antes de autorizar o conserto. Ele deverá explicar tudo que precisará ser feito em seu carro e esclarecer suas dúvidas. Vale a pena também checar, por meio do CNPJ, se a oficina não tem queixas registradas junto ao Procon. Na hora de retirar seu veículo, o estabelecimento deve apresentar todas as peças que foram trocadas e fornecer as notas fiscais referentes aos serviços feitos no carro.
Todo cuidado é pouco na hora de entregar seu veículo nas mãos de um mecânico, mas, com as dicas acima, fica mais fácil escolher uma oficina de qualidade.


Fonte: Quatro Rodas


 
 
<<<  Anterior      |      Listar Todas      |       Próxima  >>>
 
   
 
Envie esta notícia
para um amigo
 Seu Nome:  Email do Amigo:
 


MARCOPOLO TORINO 2013
Preço a Consultar
MOTO HOME 1995
Preço a Consultar
Busscar Urbanus Plus 2005
Preço a Consultar

 

 
 

Área Restrita | Webmail

Desenvolvido por Autosite