----------------------- ::: TELEONIBUS :::
 
 
 


  Página Inicial
  Consulte nosso Estoque
  Banco de Pedidos
  Avalie seu Veículo
  Anuncie seu Veículo
  Notícias
  Localização
  Entre em Contato

 


 
Vendas de veículos novos registram alta de 15% em julho
 
 
04/08/2010
 
 



Emplacamento de 302.407 unidades é recorde para o mês.
Nos sete meses do ano, indústria já vendeu 1,882 milhão de unidades.

Tradicionalmente mais forte e com número maior de dias úteis, julho fechou com recorde de vendas de veículos novos (automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus) para o mês. Foram emplacadas 302.407 unidades contra 262.773 em junho. De acordo com o balanço da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), divulgado nesta segunda-feira (2), o volume é 15,08% superior ao registrado no mês anterior.

Na comparação com julho de 2009, quando foram vendidas 285.370 unidades e vigorava o desconto sobre o IPI, o aumento é de 6%.

No acumulado dos sete meses do ano, a indústria automobilística nacional já soma 1.882.117 unidades comercializadas, aumento de 8,48% sobre igual período de 2009, quando 1.734.973 unidades haviam sido emplacadas.

O presidente da Fenabrave, Sergio Reze, afirmou ao G1 que o crescimento é positivo, mas já mostra a tendência de estabilidade do setor em um ritmo menor de expansão. "Tradicionalmente o mês de julho é um mês cheio, em que você tem melhor aproveitamento", diz.

Segundo o presidente da entidade, a conjuntura econômica reflete nos resultados. O bom desempenho é atribuído à queda nas taxas de financiamento e às diversas promoções realizadas.

Carros e motos
O segmento de automóveis e comerciais leves somou 285.299 unidades emplacadas no mês, alta de 15,27% sobre junho, quando foram vendidos 247.511 carros. Na soma dos sete meses, o segmento acumula 1.780.983 unidades vendidas, expansão de 6,82% sobre o mesmo período de 2009, com 1.667.275 unidades comercializadas.

"Para a soma de automóveis e comerciais leves tivemos julho e acumulado recordes", destaca Reze, referindo-se aos sete primeiros meses do ano.

Já o segmento de motocicletas, com números compilados à parte, apresentou alta de 6,69% em julho, com 147.916 unidades emplacadas sobre 138.644 no mês anterior. O setor de duas rodas teve aumento das vendas de 7,66% no acumulado, de 909.432 unidades entre janeiro e julho do ano passado para 979.644 em 2010.

A Fenabrave acredita que o mercado de motocicletas irá se recuperar de forma lenta, mas contínua. Para Reze, a queda da inadimplência no segmento de motos ajuda a facilitar a aprovação de crédito por parte dos bancos. "O banco olha de forma mais simpática para o consumidor de moto. A concorrência entre os bancos também permite condições gerais de financiamento mais tranquilas", observa.

Caminhões e ônibus
O mercado de caminhões fechou julho com 14.688 unidades emplacadas. O resultado é 13,05% superior ao registrado no mês anterior, quando foram vendidas 12.992 unidades. No semestre, o volume de veículos pesados emplacados foi de 85.568 unidades, aumento de 54,12% sobre igual período de 2009. Entre janeiro e julho do ano passado foram emplacadas 55.520 unidades de caminhões.

Como a economia puxa a necessidade de frota e o sistema Finame, do BNDES, trabalha com novas taxas, bem abaixo da média do mercado, a previsão é de que o setor bata recorde neste ano, com mais de 152 mil unidades comercializadas.

"O país está crescendo bem e o setor de transporte puxa bastante para cima, por isso a venda de caminhões está em alta", ressalta o presidente da Fenabrave.

O segmento de ônibus também vive momento positivo. Em julho, foram vendidas 2.420 unidades, volume 6,14% superior ao de junho, com 2.280 unidades. No acumulado, o mercado de ônibus registra alta de 27,82%, com 15.566 unidades emplacadas.

Ranking das montadoras
Em julho, a Fiat se manteve na liderança de mercado, com participação de 24,57% e vendas de 70.109 automóveis e comerciais leves. Já a Volkswagen ficou em segundo lugar, com 21,1% de participação e 60.206 unidades emplacadas. Terceira em vendas, a General Motors registrou emplacamentos de 54.682 carros no mês, o que garantiu 19,17% de participação de mercado. A Ford, em quarto lugar, ficou com 10,05% de participação no mercado brasileiro, seguida da Renault (4,8%), Honda (3,48%), Hyundai (2,89%), Peugeot (2,87%), Toyota (2,84%) e Citroën (2,41%).

Na soma dos sete meses do ano, a Fiat lidera com 23,11% do mercado, com 411.550 unidades vendidas. Em segundo lugar está a Volkswagen, com 20,98% (373.645 unidades), seguida da General Motors, com 20,04% do mercado (356.863 unidades) e da Ford, com 10,26% (182.728 unidades). Na quinta colocação vem a Renault (4,4%), seguida da Honda (3,82%), Hyundai (3,33%), Toyota (3,05%), Peugeot (2,72%) e Citroën (2,42%).




Fonte: G1


 
 
<<<  Anterior      |      Listar Todas      |       Próxima  >>>
 
   
 
Envie esta notícia
para um amigo
 Seu Nome:  Email do Amigo:
 


Busscar Urbanus Plus 2005
Preço a Consultar
MOTO HOME 1995
Preço a Consultar
MARCOPOLO TORINO 2013
Preço a Consultar

 

 
 

Área Restrita | Webmail

Desenvolvido por Autosite